Em estabelecimentos e casas antigas, essa situação é comum quando falamos de esgoto, já que a maioria da estrutura sanitária utilizada é antiga ou mal feita, não dispondo de um sistema correto de ventilação ou fluxo para emissão de cheiros.

Além de ruim, o mau cheiro causado pela rede de esgoto pode estragar a venda da propriedade, causando uma reviravolta na mente de um proprietário ao tentar identificar a origem do mau cheiro.

Em muitas situações, medidas simples podem identificar se os equipamentos que vedam o odor desagradável estão danificados, não sendo necessária a quebra de paredes ou pisos para detectar o problema, basta verificar algumas peças, como: sifão, caixa sifonada e o anel de vedação no vaso sanitário.

A origem do problema

Defeitos em equipamentos hidráulicos e a má instalação de peças que vedam a passagem dos gases formados na rede de esgoto contribuem para que o odor desagradável esteja presente dentro dos imóveis.

As causas mais prováveis de mau cheiro são problemas relacionados aos ralos, sifões e vaso sanitário, equipamentos que devem levar a água e dejetos das atividades cotidianas para o esgoto.

Como identificar?

A identificação do problema pode ser fácil, mas em alguns casos é preciso ter o auxílio de uma empresa especialista como a Dezjato desentupidora, que possui compromisso com a limpeza e poderá evitar que você quebre os cômodos desnecessariamente e, ainda, uma correta verificação da instalação.